sábado, 15 de agosto de 2009

Woodstock 69


Essa semana o Woodstock 69 completou 40 anos, o evento que foi realizado entre 15 e 18 de agosto de 1969, reuniu por volta de 500.000 pessoas em Bethel, Nova Iorque que fica aproximadamente à 60km´s da cidade de Woodstock, a qual deu nome ao evento.
Esse evento foi um marco na historia da cultura mundial e uma amostra do poder que a arte juntamente com uma geração inflamada, podem ter.
Aqueles jovens da decada de 60, eram guiados pelos ensinamentos e pensamentos hippies, os quais pregavam o famoso "paz e amor", além de uma convivencia mais direta com a natureza, a sexualidade como algo natural e não libidinoso, além do cooperativismo, onde todos viviam juntos e se ajudavam.

O Woodstock foi um evento o qual eu me identifico muito, não somente pelo rock n roll, mas também porque eu costumo dizer que o festival de Woodstock, por três dias, foi uma cidade, e não satisfeito, foi uma cidade utópica. Reparem que em 3 dias, 500.000 pessoas conviveram com baixo conforto, com pouca comida, poucos lugares para fazerem as suas necessidades fisiologicas, crianças nasceram naquele evento (Sim, mulheres gravidas foram e pariram lá no evento seus filhos) e mesmo assim, nada de errado ou melhor, nada de grave ocorreu. Não tivemos uma briga, não tivemos ocorrencia nenhuma por parte da policia, pelo contrario, alguns habitantes da cidade se enfureceram com o evento por, digamos, pertubar a paz da cidade e um policial imediatamente saiu em defesa dos jovens que lá protestavem contra tudo, que não consideravam decente. O policial disse que tinha muito orgulho daqueles jovens e que eles eram exemplos para todos os cidadãos americanos, inclusive para os proprios moradores da cidade e que eles deviam aproveitar e aprender com eles, como conviver pacificamente e a se ajudarem mutuamente, pois era isso que os jovens estavam fazendo.
Sim meus caros, volto a dizer, que eu tenho muita identificação com essa geração e com esse evento, não somente por esse relatos aí em cima, mas também porque aquela geração tinha proximidade, afeição por assuntos como política, artes, meio ambiente e todo tipo de experiencia que cause bem estar. Eu olho praquelas pessoas e vejo como pessoas que viveram a vida de forma plena, pois elas tinham aventuras, elas eram dispostas, elas saiam de suas casas e tinham energia para pegarem a estrada e cruzarem o país inteiro para verem os melhores eventos artisticos da época, cruzavam o país inteiro para estarem juntas, para juntas mostrarem que eram fortes e tinham voz ativa e também juntas terem dias de reflexão, de compreensão e nada mais que humanidade.
Vejam os videos dos artistas, que lá tocaram, vejam a dinamica, vejam o quão tocante para eles foi estar alí. Não se via somente as cordas dos instrumentos vibrarem, nós podiamos ver os artistas arrepiados, com frio na barriga e tudo mais que possa chocar, no bom sentido, um ser humano.
Em resumo amigos, eu vos falo porque Woodstock foi tão diferente e tão marcante: Woodstock foi o unico festival cultural de todos os tempos, que o publico foi o artista, porque inves das pessoas que estavam no palco emocionarem o publico, foi o publico que emocionou o pessoal que se econtrava no palco para fazer arte. A peformance mais lembrada até hoje não foi a de nenhum cantor, nenhuma cantora ou banda, mas sim dos 500.000, que deram o maior show de humanidade que alguem poderia ver.

Meu TOP 5 do WOODSTOCK:

1 - See me feel me - The Who

2 - I Feel Like I'm Fixing To Die - Country Joe McDonald's

3 - Beautiful People - Melanie

4 - Work me Lord - Janis Joplin

5 - Going up the country - Canned Heat

Sobre:

Minha foto
Alguem que expoe pensamentos, que as vezes precisam ser arquivados. Blog dedicado a isso.